‘Bésame Cosmetics’ – Marca que une Cosméticos com História

Sempre adorei ler sobre a história dos cosméticos. É um tema bastante pertinente, e diz muito sobre o período em que as pessoas viviam. A cosmetologia, ou o desenvolvimento dos cosméticos, sempre foi um reflexo dos ideais estéticos e sociais através do tempo. Por exemplo, no Egito antigo, uma pele dourada de sol, era almejada; deste modo, ocre vermelho era moído e misturado a óleos ou água, e aplicado tingindo a face. Já na idade moderna, durante o período elizabetano, ter a pele ruborizada ou bronzeada, significava que a pessoa trabalhava exposta ao sol, o que não era apreciado. Deste modo, cosméticos à base de chumbo foram comercializados, a fim de conferir uma tez pálida à mulher.

É com esta pequena introdução acerca da história dos cosméticos e sobre seu caráter social, que inicio o artigo de hoje, falando acerca de uma marca americana de maquiagem, chamada Bésame Cosmetics. A marca, fundada no ano de 2004, pela designer e historiadora argentina, radicada nos Estados Unidos, Gabriela Hernandez, uniu duas de suas paixões: a história e os cosméticos. Ávida estudiosa da história dos cosméticos, Gabriela escreveu um livro, intitulado ‘Classic Beauty – The History of Makeup’, lançado nos Estados Unidos em 2011, e reformulado em 2017 (o qual pude adquirir anos atrás, e recomendo bastante).

Um dos passatempos prediletos de Hernandez, é visitar antiquários atrás de produtos cosméticos antigos. Seja através de embalagens de batons ou rouge, ela sempre busca nestas antiguidades, inspiração para desenvolver ideias originais acerca de novos produtos.

Buscando sempre reformular seu catálogo, seja com embalagens que unam a praticidade moderna, à beleza de décadas atrás, o negócio de Gabriela é pequeno, porém prolífero. Quanto mais o tempo passa, mais a Bésame Cosmetics torna-se conhecida por pessoas, tanto da esfera de produtos vintage, quanto da história, e da maquiagem, o que, por si só, já atesta a qualidade de seus produtos. É por este motivo, que fiquei tão feliz em poder receber da marca, alguns de seus produtos.

A intenção do artigo de hoje, é falar um pouco a respeito da marca, e dos produtos que foram enviados para mim – nos quais testei cuidadosamente um a um -, contando aos leitores o que achei dos mesmos. A Bésame tem um site na internet, e atualmente reformulou seu sistema de entregas, passando a enviar seus produtos para o mundo inteiro. Eu, por exemplo, recebi os mesmos rapidamente, em menos de um mês, aqui em São Paulo.

Conhecendo um pouco mais sobre a marca (e sobre Gabriela):

Gabriela Hernandez imigrou de Buenos Aires, rumo aos Estados Unidos, com 12 anos de idade. Ela sempre foi fascinada pelos artigos de beleza vintage, desde pequena atenta ao que chamaria de ”a sofisticada rotina de beleza” de sua avó. Tal paixão, que carrega desde então, a ajudou a tomar o passo inicial para a criação de sua marca, no sul da Califórnia. A ideia da marca, inspirada também no fascínio de Gabriela pela Hollywood antiga e suas atrizes, era poder trazer de volta o romance à indústria dos cosméticos, permitindo que as mulheres se apaixonassem novamente por seus rituais de beleza.

Os produtos mais vendidos do catálogo da marca, não poderiam ser outros, se não os batons e a curiosa máscara de cílios. Com embalagem de ferro, impressa com motivos florais e a logomarca da Bésame, eles mais parecem ter saído de um catálogo de maquiagens da época de nossas avós ou bisavós.

De acordo com a marca:

”através de uma atenta análise à cor e à experiência histórica, recriamos reproduções modernas de maquiagem de luxo clássica dos anos 20, 30, 40 e 50, projetadas para que as mulheres se sintam elegantes, inspiradas e fortalecidas por sua beleza. Combinando inovadora tecnologia de ponta, com um ambiente histórico, nossas cores e formulações são meticulosamente feitas à mão com uma minúcia de detalhes, dos nossos compactos dourados personalizados, aos nossos exclusivos motivos de crisântemo.”

Produtos Recebidos:

foros.jpg
Recebi da marca seus principais produtos. Dois pós de acabamento – um de violeta, outro de baunilha -, dois batons  – um vermelho, outro vinho -, um rouge, um blush em pó, uma máscara de cílios inspirada nos modelos antigos, e dois pinceis para aplicar maquiagem.

Vale salientar antes de iniciar a resenha, que os produtos da marca são cruelty free, e fabricados de modo artesanal, utilizando componentes naturais.


Resenha:

Classic Color Lipstick (Batom):

Recebi dois batons da linha regular, nas cores Noir Red, e Bésame Red.

Preço: O preço de cada batom é de U$:22,00 (vinte e dois dólares) que, convertido em reais, sai mais ou menos R$:85,88.

Noir Red: 


Embalagem:
É bem pesada, de metal. É dourada, com motivos florais de crisântemo, em vermelho e a logomarca da Bésame. Ele abre e fecha com facilidade, fazendo um click devido à trava de segurança.

Cor: De acordo com a marca, a tonalidade é uma réplica de um original utilizado em 1930. Trata-se de um tom ameixa escuro, semelhante à tonalidade da fruta Boysenberry. Eu, particularmente, classificaria como um bordô. Nada mais, nada menos.

Outras características: A textura dos batons da Bésame é diferente de tudo que tenho ou que já vi. É uma textura bastante grossa e cremosa, que entrega uma forte gama de um pigmento profundo e vivo. É realmente um batom que transfere uma camada generosa de produto aos lábios. Ele tem um cheiro bem leve e gostoso de baunilha, e um formato diferenciado que, segundo Gabriela, permite que a pessoa faça o contorno dos lábios. Neste quesito, sinceramente, hei de discordar. Pessoalmente – sou praticamente inexperiente em aplicar batons escuros – tive muita dificuldade em fazê-lo direto da bala. O contorno apenas deu certo, quando realizado com o pincel que recebi da marca (falarei dele mais adiante). Com o uso do pincel, por sua vez, foi bastante fácil aplicar o produto, já que as cerdas do mesmo, eram firmes e densas.

Durabilidade: De todos os batons que eu tenho, ele é sem dúvidas, o mais pigmentado. Eu o apliquei, conforme sugere o manual, passando uma camada, tirando o excesso com um lenço de papel e passando outra por cima. Tomei a liberdade de aplicar um pó translúcido por cima – conforme era feito na década de 40. Ele durou o dia todo nos lábios, mesmo eu tendo comido e bebido sem ressalvas. Eu não o apliquei novamente. Ele não saiu por completo, nem após eu lavar o rosto com sabão. Tive que retirar o resto dele com demaquilante, logo após acordar, no dia seguinte – uma vez que meus lábios permaneciam tingidos com uma tímida camada avermelhada.

Batom – Bésame Red:


Embalagem:
A mesma embalagem citada anteriormente.

Cor: De acordo com a marca, a tonalidade é uma réplica de um original usado em 1920. Trata-se de um vermelho carmim vivo, que funciona muito bem em pessoas com pele de fundo amarelado (meu caso). Inicialmente, tive ressalvas quanto à cor, especialmente por não ser adepta de batons vermelhos tão abertos. No entanto, foi o batom que mais elogiaram quando usei. No fim, acabei adorando!

Outras características: As mesmas características citadas anteriormente.

Durabilidade: A durabilidade desta cor, permanece mais ou menos sob os mesmos parâmetros citados acima, só que, neste caso, senti dificuldade de removê-la por completo – saindo apenas com um bom demaquilante bifásico. Uma vez que o pigmento grosso e superficial se desprende dos lábios, o que sobra é uma camada bem natural de um avermelhado, assemelhando-se ao de lábios naturalmente corados. Achei muito bonito. Parecia que eu havia passado um lip stain.

swatch1


Pós de Acabamento: 

Recebi da marca dois pós de acabamento, um de violeta e outro de baunilha.

Preço: De acordo com o site, o pó custa U$:22,00 (vinte e dois dólares). Convertendo ao real, sai mais ou menos por R$:85,88.

Brightening Violet Powder:

besame17

Embalagem: É uma embalagem de plástico resistente, em tonalidade bege e lilás, que possui tampa giratória. Vem com uma esponja de aplicação, e uma tampinha transparente, que separa o conteúdo da embalagem, da esponja. A caixa de papelão em estilo vintage (assim como todas as outras embalagens da marca), é toda dobrada à mão, de modo artesanal.

Cor: É um pó translúcido, com um leve (muito leve) tom violeta. A ideia é passar na pele, a fim de deixá-la mate, retirando qualquer tonalidade avermelhada da mesma. De acordo com a marca, corrige as tonalidades ”amareladas e avermelhadas e ilumina qualquer tom de pele”.

Outras características: É um pó muito fino, que desaparece facilmente em contato com a pele, deixando uma sensação de toque aveludado. Tem um cheiro bem delicado de violeta.

Durabilidade: O acabamento deste pó é muito bom. Estou utilizando com um pincel fofinho, ao invés da esponja indicada. Acho complicado falar de durabilidade acerca destes itens, mas senti que matificou bem a pele, deixando-a com um aspecto muito bonito.


French Vanilla Brightening Powder:

besame13.jpg

Embalagem: É uma embalagem de plástico resistente, em tonalidade bege e vermelha, que possui tampa giratória. Vem com uma esponja de aplicação, e uma tampinha transparente, que separa o conteúdo da esponja.

Cor: É um pó translúcido, com um leve tom amarelado. O intuito é passar na pele, a fim de deixá-la mate, retirando qualquer tonalidade avermelhada da mesma. Segundo a marca, ele pode ser usado repetidamente durante o dia, a fim de remover a oleosidade da pele.

Outras características: É um pó muito fino, que desaparece facilmente em contato com a pele, deixando uma sensação de toque aveludado. Preciso salientar que, tem um cheiro maravilhoso de baunilha. Dá vontade de comer!

Durabilidade: Este foi o meu produto favorito. Com certeza, vou comprá-lo quando este acabar! O acabamento deste pó é muito bom. A pele fica muito bonita e fotografa muito bem. Senti as linhas finas atenuadas e a pele matificada, mas com um leve viço. Não sei explicar! Assim como o outro [pó], o estou utilizando com um pincel fofinho, ao invés da esponja indicada.

Descobri no site da marca, que eles também tem um pó de tonalidade rosada, que controla subtons azuis e arroxeados. Achei interessante para quem tem olheiras com este tipo de tonalidade (que é o meu caso).

 


1938 – Crimson Cream Rouge:

De acordo com a descrição, trata-se da réplica de um rouge utilizado no ano de 1938. Serve, tanto para corar os lábios, quanto às bochechas. Ele está disponível em duas tonalidades: Apricot (pêssego) e Crimson (vermelho vivo) a cor que recebi.

Preço: De acordo com o site da marca, o rouge é vendido pelo valor de U$:18,00. Convertendo ao real, o mesmo sai por, aproximadamente, R$:70,17.

Embalagem: Em minha opinião, é a embalagem mais linda de todas. Realmente parece um rouge antigo! Ela é uma lata de metal, com uma estrutura escura por dentro, que acopla o produto. É super fácil de abrir, e a flor dourada na tampa, brilha bastante.

Cor: A tonalidade que recebi, é de um vermelho vivo que, em contato com a pele, confere a ela um leve rubor. Fica muito natural e delicado.

Outras características: Em contato com a pele, não deixa aspecto grudento ou oleoso. Pelo contrário, fica com aspecto de pó. Tem um leve cheiro de rosas, mas que não lembra aquelas maquiagens das nossas avós; é um aroma bem sutil.

Durabilidade: Dura bastante no rosto e nos lábios. Me lembrou muito o aspecto que o batom vermelho deixou em minha boca. Saiu apenas com demaquilante bifásico.

Captura de Tela 2018-07-04 às 02.04.40.png
Na imagem: À esquerda, rouge concentrado. À direita, espalhado.

Blush Delicate Rouge:

De acordo com o que sugere a descrição, trata-se da réplica de um blush de 1965 – época em que o rouge foi sendo menos utilizado, a fim de dar espaço para mais produtos em pó. É um blush compacto, em um tom levemente terroso, que explicarei mais nos tópicos a seguir. Existem outras três tonalidades do mesmo; a enviada para mim, foi a cor Sun Kissed.

Preço: De acordo com o site, o blush custa U$:18,00 (dezoito dólares). Em reais, o valor fica aproximadamente R$:70,16.

Embalagem: É uma embalagem de plástico vermelha, bem resistente, com motivos florais em dourado. Ela possui uma tampa giratória, fácil de abrir e fechar.

Cor: Conforme mencionado, existem mais 3 tonalidades do mesmo. A cor recebida por mim, é um tom caramelo, meio terroso. Para as mais branquinhas como eu, dá um aspecto de pele bronzeada bem bonita. Como o nome sugere, parece que fomos ‘beijadas pelo sol’.

Outras características: É um blush bem pigmentado, e que permite construir camadas. Ele é levemente esfarelento, mas esfuma muito bem. A cor, conforme citado acima, também se adapta bastante às peles mais claras – embora não deva funcionar tão bem em peles mais escuras, devido à tonalidade. Para negras, creio que o blush Rose, da coleção, funcione melhor.

Durabilidade: Assim como no tópico dos pós faciais, acho complicado notar a durabilidade de blush. Uma vez que a pele das minhas bochechas é seca, ele dura o tempo que eu resolver manter minha maquiagem; então, permaneceu intacto o dia inteiro. O que mais gostei nele, foi a possibilidade de esfumá-lo facilmente. Tenho muita dificuldade com blushes que ”grudam” na pele, não permitindo que a pessoa os espalhe corretamente nas bochechas. Esse não foi o caso, e achei que deu uma aparência muito bonita, com um leve aspecto de viço no rosto (vide as primeiras fotos, que tirei com os batons).

swatch03
Da esquerda para à direita: blush concentrado, blush espalhado.

Mascara Brush Set:

Os pincéis para olhos da Bésame, foram um belo quebra-galho para mim. Inicialmente, achei que seriam ‘mais do mesmo’, iguais aos produtos que sempre encontramos por aqui, mas no fim, ambos, (especialmente o fininho), estão servindo para várias finalidades – desde passar delineador, até contornar os lábios.

Preço: No site os pincéis custam U$:15,00 (quinze dólares). Convertendo ao real, o kit sai por R$:58,47. Nessa semana (início de julho), levando a máscara de cílios da marca, você consegue adquirir o mesmo por U$:10,00 (dez dólares) – em reais, R$:38,00.

Sempre tive bastante dificuldade em aplicar delineador – seja ele líquido, em gel, ou o que for. Sempre borrava, sempre ficava feio. Com esse pincel, não apenas consegui firmeza para aplicar, como ainda fiz alguns detalhes no delineado – coisa que jamais faria, sem a precisão que o pincel me passou. Outro ponto interessante, é que consegui lavar e utilizá-lo para delinear os lábios; e funcionou perfeitamente bem! O pincel de escova, foi perfeito para aplicar a máscara de cílios – assunto que abordarei no próximo tópico.

Considerações finais: Quando recebi o kit, fiquei incrédula. Acreditei que, como são pincéis que, à primeira vista parecem muito semelhantes ao que temos no mercado, eles não fariam diferença. No entanto, eles não só me deram firmeza durante a aplicação, como já estão substituindo outros pincéis em minhas gavetas!

Captura de Tela 2018-07-04 às 02.28.16
Detalhe do delineado e do batom. Ambos foram feitos utilizando o pincel mais fino.

Black Cake Mascara (Máscara de Cílios Vintage):

Este é, sem dúvidas – ao lado dos batons – o best-seller da marca. Trata-se de uma máscara de cílios multi-uso, réplica das utilizadas em 1920. Isso mesmo. Na década de 20, as máscaras de cílios utilizadas pelas mulheres, não vinham em tubos, e sim, como uma grossa placa de pigmento negro, que tinha que ser diluída com água ou algum tipo de óleo para a pele. A máscara de cílios também poderia ser utilizada como delineador, ou para desenhar sinais (pintas) no rosto. Este é o item mais curioso e o que eu mais aguardei para poder resenhar!

Preço: No site, o mesmo custa U$:25,00 (vinte e cinco dólares). Convertendo ao real, a máscara sai por R$:97,45.

As imagens a seguir estão em slides. Aguarde alguns segundos para poder visualizar todas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Embalagem: A embalagem, desenvolvida pela própria Gabriela, é um espetáculo a parte. Quem é designer gráfico (focado no estudo de embalagens de cosméticos vintage), sabe o quanto ela foi feliz no desenvolvimento deste produto, que mostra-se uma bela releitura de outras máscaras de cílios antigas. O produto vem em uma pequena lata de ferro vermelha, com o conteúdo embrulhado em papel manteiga, preso com um adesivo com a logomarca da Bésame. Para acompanhar, vem um manual de instruções de como aplicar a máscara, e um pequenino pincel escovinha para os cílios – mas já adianto que é mais decorativo que qualquer outra coisa.

Cor: A placa de produto que vem na embalagem, precisa ser ”ativada” com o uso de algumas gotas de água. Eu a utilizei molhando o pincel citado no tópico acima, embebido com um pouco de água. Funcionou perfeitamente. Para utilizar como delineador, deve-se realizar o mesmo processo.

Outras considerações: Eu li algumas resenhas negativas sobre essa máscara, e por isso, fiquei cautelosa. Imaginei que ela não seria muito boa, então, fui utilizá-la com minhas ressalvas. Por sorte, me enganei. De fato, existem máscaras mais potentes no mercado, mas ela cumpre bem o seu papel (especialmente tingindo e dando volume aos cílios), e é um ótimo delineador. Pigmenta facilmente! É claro que, para melhor desempenho, recomendo a utilização do pincel citado acima, e não a escovinha vinda na embalagem, que, embora fofa, acaba sendo complicada de manusear. Virou meu delineador para toda hora. Uso sempre, desde que recebi, e não pretendo comprar outro delineador tão cedo!

Durabilidade: O produto não é à prova d’água, portanto, se você chorar ou lavar o rosto, ele vai sair. Mas eu, particularmente, prefiro assim. Não gosto de produtos resistentes à água. Fora isso, ele é bastante pigmentado, e durou o dia inteiro em meu rosto. Eu redesenhei a pinta que tenho na bochecha com o que sobrou de tinta no pincel. A mesma também durou o dia inteiro, intacta, assim como o rímel e o delineador.

EFA.jpg


Considerações finais:

Antes de receber os produtos, vi muitas resenhas a respeito – seja em vídeo ou em páginas como a minha. As considerações eram variadas. Havia um consenso em relação à beleza das embalagens (afinal, é inquestionável o primor estético das mesmas), mas o desempenho dos produtos, variava de acordo com a pessoa. Notei que, a maioria que criticava, não compreendia a proposta da marca, tampouco concebia a ideia de que os produtos são, acima de tudo, reproduções de itens de beleza antigos. Muitas questionaram que o rímel não performa bem, ou que, se encontra produtos mais baratos no mercado. Discordo da primeira observação, mas a segunda, é verdadeira. Não são, de fato, produtos baratos; mas também há de se dizer que, não são iguais aos vendidos no mercado. São produtos com fórmulas, embalagens e propostas diferentes. A ideia formulada por Gabriela é, acima de tudo, proporcionar que as pessoas tenham um pedacinho da história, reproduzido para uso pessoal em suas casas. Ela queria que a maquiagem – uma de suas paixões – se aliasse com outro de seus interesses: a história. E ela foi muito bem sucedida nisso!

A Bésame, por fim, cumpre o que promete. Entrega produtos de ótima qualidade, que funcionam muito bem, e que, principalmente, nos transportam para uma outra época. Eles nos fornecem o vislumbre de como teria sido o ritual de maquiagem de nossas antepassadas; nossas avós ou bisavós, e como elas teriam se sentido quando se sentavam diante do espelho, prontas para se arrumar. Eu lembrei de minha bisavó, sempre vaidosa, e que não abria mão de seu batom vermelho. Pensei em como ela deveria se sentir quando, mesmo diante de toda a contenção de gastos da família, os tantos filhos, e a vida árdua que tinha, dedicava em sua maquiagem, um momento especial, somente para si.

A proposta da marca me tocou profundamente, e são produtos que conseguiram captar e passar adiante a essência na qual se proporcionaram a transmitir. É por causa disso que, eu com certeza recomendo a marca e toda a ideia por trás dela, desde a vasta pesquisa de Gabriela, até o cuidado que a mesma teve com as embalagens e as formulações de todos os produtos!

foros

Informações adicionais: 

Site da marca: www.besamecosmetics.com 

Frete: Conforme mencionado, a loja entrega para o mundo inteiro. Ela também oferece frete grátis para compras acima de U$:50,00 (cinquenta dólares).

Pagamento: Não aceita boleto, mas aceita cartão internacional ou PayPal.

Tempo de envio: Eu demorei menos de um mês para receber os produtos. No entanto, como toda encomenda internacional, os prazos podem variar. Uma vez que todas vem com rastreio, o comprador pode acompanhar o fluxo da postagem pelo site do sistema de envio da loja – UPS.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s