Review: Taverna Medieval – Hamburgueria inspirada na Idade Média

É com muito prazer, que hoje inicio uma nova categoria aqui no site. Aqui, faremos reviews (resenhas) de locais voltados à temática do período medieval e do renascimento. O primeiro local da lista, para alguém que mora em São Paulo, não poderia ser diferente, é o ‘Taverna Medieval’.

Quando estive na Europa, encontrei diversos locais com ambiente e comida voltados a determinados períodos históricos (Tudor, medieval, regência, vitoriano e etc). No entanto, tal iniciativa aqui no Brasil, ainda é um tanto limitada, embora não seja incomum encontrar por aqui, eventos como banquetes e feiras, inspirados no período medieval.

Foi pensando nisso, que resolvi ir até o Taverna Medieval, localizado na região da Vila Mariana, na zona sul de São Paulo. Hoje, vou falar o que achei do local, e já ressalto, fui com as expectativas muito altas!

entrada.jpg
Entrada.

Primeiras Considerações:
A hamburgueria funciona apenas à noite, das 18 às 23 horas, e está aberta há pouco tempo (aproximadamente seis meses). Fui alertada por alguns amigos e leitores da página, que, dependendo do dia da visita, os riscos de enfrentar uma fila (de aproximadamente 1 hora) eram grandes. Deste modo, optei por reservar uma mesa durante a semana, quando o fluxo de clientes costuma ser mais baixo. A reserva foi feita no aplicativo ‘The Fork’, dispositivo encontrado na página do restaurante, no Facebook.

Fui ao local junto com o meu marido e sogra, e deixamos o carro com o valet, que atende dois restaurantes distintos, o Taverna, e outro, cujo o nome não me recordo, mas que fica do outro lado da rua. Todos os atendentes foram super simpáticos e atenciosos, inclusive abrindo a porta para que pudéssemos sair do carro.

ambiente.jpg
Ambiente:
O restaurante fica em uma casa comum, com dois andares, que foi reformada a fim de receber alguns ‘ares’ inspirados na idade média. A iluminação do lado de fora é bem bonita – embora a luz em spot do lado de dentro não tenha combinado tanto com a proposta- e a decoração da entrada, conta com objetos mais rústicos, inspirados no período medieval, como um barril de madeira e cercas de estacas.

Logo na entrada encontramos a famosa espada na pedra, que nos remete às lendas arturianas. Neste caso, segundo o gerente, ela foi uma alusão à maravilhosa série de livros ‘The Once and Future King’, do autor britânico, T. H. White.

De acordo com o gerente, o local foi dividido em duas propostas: no térreo, a temática decorativa aborda o contexto mais histórico da idade média, com alguns estandartes heráldicos e flâmulas, armaduras, cota de malha e espada; Já no andar de cima, onde geralmente os visitantes jogam RPG, a temática é a fantasia, com a decoração voltada a grandes filmes, jogos e livros deste universo, como ASOIAF (As Crônicas de Gelo e Fogo), Zelda, Angus e etc. Eu fiquei, é claro, no térreo.

Ao entrar no local, somos recebidos por garçons vestidos à caráter, que te tratam por milady ou milorde, e te oferecem os cardápios, dando algumas dicas de bebidas.

Captura de Tela 2017-04-19 às 10.19.07.png
Foto retirada do Instagram do Taverna Medieval.

Bebidas:
Existe uma boa variedade de bebidas no cardápio, incluindo o famoso hidromel servido na casa, que varia de uma dose, até um copo maior. Uma parte interessante é que, caso tenha dúvida do que tomar no local – e você provavelmente vai ter – pagando uma taxa de aproximadamente R$15,00, você receberá um d20 (dado de 20 lados), que equivale às bebidas da casa, e poderá descobrir qual a bebida que foi ‘destinada’ a você – isso claro, incluindo algumas regrinhas básicas, como por exemplo, se tirar 1, a casa escolhe a bebida para ti, ou caso tire 20, receberá a bebida em dose dupla.

Lá os drinks são servidos em um balão de fundo chato, que nada mais é, que um reservatório de vidro, destinado à destilações químicas. Nada mal para um recinto que tem um bar todo inspirado na alquimia!

Por ser dia de semana, infelizmente não pedimos nada alcóolico, e optamos pelo seguro e moderno, chá gelado e suco.

18035356_1323215771103533_808627473_n.jpg
Cardápio:
O cardápio do local segue a temática medieval. É feito em couro, com canaletas de ferro ornamentada, e traz nomes de pratos temáticos, como ‘O Bárbaro’, ‘Frei Tuck’, ‘Ogroburger’, ‘Elfo da Floresta’ e etc.

A ideia de comer uma comida em estilo medieval, é a primeira coisa que passa em nossa mente ao entrar no local, mas, o que acontece no taverna, é um pouco diferente. Uma vez que a comida medieval é bastante condimentada, com especiarias diversas, é muito provável que o paladar moderno (e claro, o brasileiro) a ache intragável. Foi pensando nisso que, o cardápio foi desenvolvido com um dispositivo interessante, o nível de medievalidade de cada prato. De acordo com o ingrediente e preparo do prato, a pessoa pode escolher comer uma comida inspirada em mais elementos e técnicas do período medieval, ou, por exemplo, ficar no seguro e bem moderno, hambúrguer com cheddar e batata rústica frita.

Comida (clique na imagem para ampliá-la):

Eu adoro reproduzir pratos medievais em casa, e conto com alguns livros de receitas do período. Deste modo, estava curiosa em saber como seriam os pratos apresentados por eles.
Eu resolvi escolher ”O Bárbaro”, um hambúrguer de 180g de carne de javali, com pão estilo brioche, rúcula, relish de pimentão, e queijo caciocavallo (R$:37,00); já meu marido, pediu o ‘Ogroburguer’ (R$:37,00), 2 burguers bovinos de 180g cada, mussarela da casa, tomate, picles, alface, bacon e maionese no pão. A minha sogra por sua vez, – não quis arriscar – ficou no seguro ‘Kids’, um cheeseburger com batata chips (preço a confirmar).

De sobremesa pedimos apenas um prato, o ‘Nessie’, adaptado de uma receita escocesa de chocolate Snikers empanado em massa de cerveja e frito (R$11).

18051588_1323215764436867_1940266364_n
Nossa mesa, inspirada na round Table do castelo de Winchester, na Inglaterra.

Opiniões:
Os hambúrgueres são bem grandes, e há preços na casa dos 20, até os 40 reais. A carne é bem suculenta e o blend tem uma assinatura bem particular. A batata rústica é uma delícia, no ponto certo e acompanhada de um maravilhoso e aromático alho confit. A maionese da casa também é muito bem feita e com textura agradável. Todas as comidas e bebidas são servidas em copos e pratos de pedra lindíssimos, que conferem uma característica única e pouco vista aqui na cidade. A sobremesa era deliciosa – me lembrou um torrone empanado -, embora um pouco enjoativa.

18009144_1323215361103574_479128002_n.jpg
Mesa inspirada no barco viking norueguês, de Oseberg.

Pontos fortes:
O atendimento é impecável, e o ambiente é bem acolhedor, tocando músicas em estilo de taverna medieval (as conhecidas musics for feasting). A comida é muito boa e com o preço honesto – pagamos 150 reais por 3 pessoas, contando com bebidas, batata à parte e uma sobremesa – e não pretende ser medieval, e sim, apenas uma leve releitura do que era apreciado no período.

Pontos fracos:
Eu realmente não encontrei muitos pontos fracos. Apenas o estacionamento, que é bem caro (por volta de 23 reais) e o fato de que, tanto eu quanto o meu marido, encontramos alguns pedacinhos de ossos em nossos hambúrgueres.

Atendimento: 
O atendimento da casa é sensacional. Destaque para o super atencioso gerente Douglas, que ama história e adora explicar sobre o local para os seus clientes, e para a querida Carol, a super atenciosa e extremamente capacitada arqueira do Taverna, que conseguiu me ajudar a quase acertar o alvo, mesmo eu sendo péssima em pontaria!rs
O tiro ao alvo pode ser praticado no local, a partir de uma taxa de 15 reais. Sem dúvidas, quando voltar lá – e vou voltar – vou praticar um pouquinho mais!

Considerações finais:
Dado o continente e país em que vivemos, é claro que não tem como o Taverna Medieval ser uma autêntica taverna do período – aliás, até na Europa, existem poucas que podem vislumbrar levar esse nome. Em todo modo, acredito que a ideia do local, nunca foi seguir a risca tal temática, e sim, misturar o melhor de vários países e períodos – nossa comida, a fantasia, um toque de história e alguns passatempos. Ao trazer ao público, de forma divertida e descontraída, uma fuga da nossa rotina moderna, com muitas atrações, bebidas, comidas gostosas e um ótimo atendimento, sem dúvidas o Taverna virou um dos queridinhos na minha lista. Super recomendo!

Considerações gerais (de 0 a 5):
Comida: 4
Atendimento: 5
Preço da comida: 4
Preço do estacionamento: 2 (23 reais é um tanto salgado para mim)
Ambiente: 4

Dados – Taverna Medieval:
– Endereço: R. Gandavo, 456 – Vila Clementino, São Paulo – SP, 04023-001
– Horário de Atendimento: 18:00–23:00 (de segunda a domingo).
– Telefone para contato: (11) 4114-2816
– Site: www.tavernamedieval.com.br
– Reservas: AQUI.

Mais Imagens – Clique nas imagens para aumentá-las:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s