Elizabeth I – Parte XI: Passatempos da Rainha

Captura de Tela 2014-10-16 às 17.58.06
O período Tudor-elisabetano, é celebrado por sua cultura literária, dramática, sua música e cavalheirismo. A nobreza elisabetana gostava de um bom passatempo e sabia exatamente como obtê-lo. Os mais ricos, entretiam uns aos outros com grandes banquetes e alimentos caros (como os vindo do novo mundo), além de vinho, jogos, danças, músicas e esportes. Eles praticavam esportes como tênis, bowls, montaria, falcoaria ou caça. As mulheres também participavam de alguns esportes, além de tocarem instrumentos, dançarem, desenharem, costurarem e bordarem.

BrokenConsortQuando a rainha Elizabeth não estava muito ocupada com assuntos de estado, ela também adorava desfrutar de tais prazeres. As noites na Corte elisabetana, eram sempre repletas de entretenimentos, muitas vezes dedicados à rainha. Muitas vezes, haviam performances públicas realizadas especialmente para ela, embora Elizabeth desfrutasse mais de atividades mais discretas.

Elizabeth gostava de andar a cavalo. Ela passava muitas horas cavalgando em alta velocidade, através dos jardins de seus palácios. Seu amor pelo esporte, aterrorizavam seus conselheiros, que temiam que ela pudesse ferir-se gravemente, ou até morrer de uma queda. Mas tais preocupações, nunca intimidaram Elizabeth, que continuou a cavalgar por longas distancias até o fim de sua vida. Mesmo na casa dos sessenta, ela poderia cavalgar uma distância de 17 km, algo que ela prontamente provou a um cortesão, quando este aconselhou-a de que por estar em idade avançada, deveria tomar uma carruagem. Elizabeth cansava suas damas de companhia por cavalgar rápido demais e no início de seu reinado, Robert Dudley, seu mestre da cavalaria, tinha de trazer novos cavalos da Irlanda, já que os cavalos pessoais da rainha, não eram fortes o suficiente para ela. Elizabeth e Dudley andavam a cavalo frequentemente. Ele foi provavelmente, o mais talentoso cavaleiro da Inglaterra e conseguia sem nenhum esforço, alcançar o vigor da rainha em suas velozes cavalgadas. No verão de 1560, Elizabeth e Dudley montaram juntos quase todos os dias, enquanto alguns de seus ministros lamentavam-se de que a ranha, estava negligenciando questões de Estado.

huntagper3Elizabeth também amava falcoaria e caça. Ela caçava cervos com seus cortesãos e quando o pobre animal era pego, ela era convidada a cortar sua garganta. Em 1575, o embaixador francês relatou que ela havia matado “seis cervos” com seu arco e flecha. A caça era um grande e demorado evento, podendo levar horas de um dia, por isto era frequente que a Rainha e seus cortesãos, muitas vezes fizessem um piquenique na floresta.

Os elisabetanos não tinham noções de crueldade animal e desfrutavam de modo geral, de esportes violentos contra eles, como rinhas de ursos, briga de galo e de cães. Elizabeth gostava muito de rinhas de ursos. No entanto, os animais de estimação eram muito amados e bem cuidados. Os cavalos de Elizabeth, significavam muito para ela, eram muito bem tratados, desde a comida a escovação e muito provavelmente, ela tinha seus favoritos. Ela também tinha um pequeno cachorro (talvez vários ao longo do seu longo reinado), que ela amava muito e que estava sempre com ela.

Além de participar de esportes, a Rainha também adorava assistir. Ela ocasionalmente assistia a jogos de tênis, especialmente se um de seus cortesãos favoritos estivessem jogando. Uma vez, ela vestiu-se como suas damas de companhia, para poder assistir secretamente Robert Dudley competir em um jogo de tiro, depois ela surpreendeu a todos, ao revelar sua identidade. Às vezes, torneios eram realizados e de 1572 em diante, grandes torneios eram realizados para comemorar o aniversário de coroação da rainha.

Elizabeth amava o ar livre e gostava especialmente de fazer longas caminhadas em seus lindos e ornamentados jardins. Em seus muitos palácios, ela tinha terraços construídos, para que ela pudesse andar sossegada, longe de olhares indiscretos.

Os elisabetanos, também adoravam a música e Elizabeth, não foi uma excessão. Ela foi uma talentosa musicista, tocando com primor virginais e alaúdes. Ela adorava entretenimentos musicais, chegando a incentivar vários músicos e compositores; também adorava a dança. Ela dançava de maneira difícil e exigente a galharda para manter-se em forma. Como prova de que era uma dança vigorosa, existe um registo de John Stanhope da época em que a rainha tinha por volta de 50 anos:

”A rainha está bem como eu lhe asseguro… seus exercícios habituais são seis ou sete galhardas em um dia, além de tocar e cantar…”

Captura de Tela 2014-10-16 às 18.01.22Ela também adorava dançar ‘‘A Volta” com seus cortesãos. Nesta dança, as damas elegantemente pulavam no ar (embora nem todos acreditassem que fosse elegante; algumas pessoas acreditavam que era vergonhoso, pois muitas mulheres mostravam seus joelhos). Robert Dudley também gostava de dançar e ele, juntamente com Elizabeth, dançavam tão bem quanto cavalgavam. Ele tinha um dança com seu nome, chamada “A dança de Leicester”. Quando ficou mais velha, não podendo dançar tanto quanto costumava, Elizabeth gostava de assistir suas damas dançarem. Ela também gostava de cantar e supostamente, o fazia bem.

Ela também foi patrona das artes e literatura e adorava assistir peças de teatro, bailes de máscaras e outras performances dramáticas. Ela tinha sua própria companhia de atores, chamada de “Os atores da Rainha”, e estes, muitas vezes executavam peças para ela e seus cortesãos. Robert Dudley também tinha sua própria companhia, e costumava pagá-los para realizarem peças para a rainha.

Além de todos estes passatempos, ela também foi uma erudita incrivelmente talentosa e adorava aprender. Ela supostamente costumava estudar de duas à três horas por dia e lia muitos clássicos, além de possuir um amplo conhecimento de história. Sua habilidade para línguas, fazia com que ela pudesse ler livros em latim, grego ou francês e à medida que aprimorou suas leituras, passou a traduzir obras clássicas para o inglês. Poesia era outro de seus passatempos favoritos e alguns de seus poemas, existem até hoje. Veja a seguir, um dos poemas de Elizabeth I:

Senhor em partida:

Eu sofro e não atrevo-me a mostrar meu descontentamento,
Eu amo e ainda assim, sou obrigada a parecer odiar,
Eu o faço, embora não atrevo-me a dizer o que significou,
Eu pareço uma muda resoluta, mas tagarelante por dentro,
Eu sou e não sou, eu congelo e ainda sou queimada,
Desde mim, outro eu tornei-me.

Meu cuidado é como minha sombra no sol,
Segue-me voando e voa quando o persigo,
Fica e repousas sobre mim, acaso o que tenha feito,
Seu cuidado tão familiar, acaso faz lamentar-me,
Não significa que encontro um meio de tirá-lo de meu seio,
Até que no fim das contas, o sufoco.

Algumas gentis paixões, escorregam para dentro de minha mente,
Pois sou macia e feita de neve derretida,
Ó existe mais cruel amor e que assim, seja gentil,
Deixe-me flutuar ou afundar, ir para o alto ou para baixo,
Ou deixe-me viver com mais doce satisfação,
Ou morrer e então, esquecer o que o amor significou.*

*Este foi o mais famoso e talvez mais elogiado poema de Elizabeth I. É popularmente conhecido como ”On Monsieur Departure”, embora não haja nenhuma evidência, que conecte-o com a saída da Inglaterra, do último pretendente de Elizabeth, Francis, Duque de Alençon e Anjou.

Bordados também eram um passatempo popular entre as mulheres. Maria Rainha dos Escoceses, foi uma bordadeira muito talentosa, Elizabeth também, chegando a passar noites bordando com suas damas de companhia.

Haviam também passatempos para dias frios ou chuvosos, que eram realizados no conforto do palácio, como gamão, jogo de xadrez ou carteado. A irmã mais velha de Elizabeth, Maria I, foi uma ávida jogadora de cartas, uma das melhores e é provável que Elizabeth tenha aprendido com ela alguns truques e desfrutado de apostas com seus cortesãos.

FONTES:
ElizabethI.org: AQUI.

cardhands

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s