O Codpiece

Imagem
O Codpiece, que é literalmente traduzido como saco escrotal, tem uma origem bastante interessante. Como é de conhecimento comum, todos os homens no período medieval até o período Tudor, usavam o hose, que nada mais era que uma espécie de calça mais colada, muito semelhante a uma meia grossa. Tal vestimenta não estava equipada com uma aba (ou espaço para a virilha) que a maioria dos shorts ou calças de hoje em dia possuem; ele era literalmente preso e costurado ao gibão, de modo que a virilha ficasse totalmente ausente e a genitália, solta sobre a vestimenta. Ou seja, quando o homem ficava em pé, sua calça sem o compartimento da virilha, fazia com que seu genital ficasse ou de um lado de sua perna, ou de outro, solto, sem nenhum local específico de acomodação.

Agora que sabemos o propósito inicial do codpiece, vamos conhecer mais a respeito de sua história. O codpiece era originalmente uma seção triangular invertida, costurada na calça ao redor da virilha do homem. Ele seria atada por barbantes, botões ou outros métodos. O codpiece usado no período Tudor, tornou-se tão grande, que com o passar do tempo foi usado para transportar armas ou pequenas jóias, vindo daí a referência a genitália de um homem como as “jóias da família”. O codpiece entrou na moda no final da idade média, tendo um maior destaque durante o reinado de Henrique VIII e desaparecendo durante o reinado de Elizabeth I.

O design do codpiece evoluiu conforme a moda, que ditava uma ênfase gradual à genitália masculina, sendo ampliada e preenchida em proporções surpreendentes. O codpiece tornou-se moda por toda a Europa, não apenas na Inglaterra, sendo muito usado na Espanha. Ele simbolizava a masculinidade, a fertilidade e a abundância do sexo masculino.

“O codpiece foi exagerado em tamanho, a bolsa foi aumentada, reduzida e até mesmo ornamentada com broches ou jóias.”
– Boucher.

Quando a rainha Elizabeth subiu ao trono em 1558, ela ditou muito da moda do período, inclusive a masculina, que deste modo, passou a ser mais feminina e delicada. O codpiece por sua vez, acabou perdendo espaço, tornando-se menos evidente. A moda Tudor do codpiece, diminuiu lentamente até que desapareceu completamente no final do reinado de Elizabeth em 1603.

Codpiece na Medicina:

Existem relatos do uso de codpiece como tratamento para a sífilis. Ele era usado como recipiente para a medicação para o alívio dos sintomas da doença. Ele era colocado sobre uma bandagem anexada à genitália com medicamentos, fazendo com que imobilizasse e protegesse a área.

Higiene:

O uso do codpiece também auxiliava na hora de urinar, afinal, era necessário apenas que soltasse a abotoadura (ou laços) para que o homem pudesse fazê-lo, facilitando também uma possível higienização local – ao contrário de outras vestimentas mais elaboradas, nas quais exigiam certos ”rituais” para serem retiradas.

Imagem
FONTES:

Six Wives (acesso em Tudor Codpice): AQUI.

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s