Banheiros no Período Tudor

Imagem

Embora a concepção atual de um banheiro em casa possa parecer algo normal, boa parte do período Tudor não dispôs desta ”regalia”. Foi apenas no reinado de Elizabeth I, que os banheiros (para os ricos) dentro de casa, passaram a ser mais utilizados. Anteriormente, eram usados urinóis ou bacias próprias para esta finalidade, que após o uso, eram despejadas pelas janelas, a fim de evitar odores desagradáveis dentro de casa.
As ruas Tudor eram fétidas, escuras e úmidas. Ao andar por elas, sentia-se o forte cheiro de urina e fezes, sem falar do lixo. As pessoas tinham de ter cuidado ao andar por elas, pois podiam ser acertadas com baldes de dejetos jogados do alto das casas; sim, isto era comum.

As pessoas mais pobres, ficariam felizes em poder urinar ou defecar em qualquer lugar; na rua, no canto de uma sala ou em um balde. Quando muito pobre, você usaria panos velhos ou até folhas para a higienização local devida, enquanto os ricos limpavam-se com pedaços de panos chamados loo’o jakes. Em Edimburgo, você até poderia pagar por um banheiro portátil, que nada mais era, que um balde coberto por uma tenda.

Os dejetos Reais eram um espetáculo à parte. Eles eram analisados por médicos, que cheiravam, tocavam e às vezes experimentavam a fim de detectar alguma doença no monarca. Naquele período, acreditavam que o corpo humano era composto de 4 humores: O sangue, a bílis negra, a bílis amarela e fleuma. Uma das formas de detectar qualquer anomalia, era tendo contato direto com as fezes ou urina da pessoa em questão. Em Hampton Court – até então maior Palácio inglês – foram construídos 28 toilettes que desaguavam no rio Tâmisa. O monarca Henrique VIII, possuía seu próprio assento especial, feito em veludo acolchoado, com fitas de seda e pregos de ouro; já os serviçais, compartilhavam locais destinados a eles, na casa dos servos.

Imagem
Toilette pertencente a Henrique VIII. Fonte: aggiemania.blogspot.com.br

Com o decorrer do período, as casas foram construídas em etapas, sendo o andar de cima maior que o debaixo. Isto consistia por inúmeros motivos, entre eles, evitar que os dejetos caíssem nos transeuntes, ao serem arremessados janela abaixo. Em palácios e castelos que possuíam um fosso, o senhor e a senhora retirariam-se para a casa de banho, onde o vaso sanitário (garderobe) era fixado na parede onde existia um fosso. O vaso fixado sobre o fosso, faria com que o dejeto caísse diretamente para a água. Quando os fossos entupiam, eram chamados os ”meninos das esponjas”, eles tinham de ser pequenos o suficiente, para entrar nos fossos e limpar os dejetos, jogando-os no rio. Definitivamente um trabalho para poucos!

Em 1596, Sir John Harrington (cujo o ator que interpreta Jon Snow em Game of Thrones, é descendente) inventou o primeiro toilette com água e uma descarga acoplada. Ele construiu um em sua casa e mais tarde, a Rainha Elizabeth I, sua madrinha, tornou-se adepta. Ela ficou tão impressionada com o invento, que mandou que seu enteado construísse um no Palácio de Richmond. Infelizmente, ele parou de ser utilizado após a morte de Harrington e somente 200 anos depois, o WC seria inventado. Vale lembrar que o toilette é uma invenção muito anterior aos Tudors, porém, eles não tomaram conhecimento tão cedo.

Aqui um vídeo em inglês sobre o assunto:

Fosso na parede de um castelo.
Fosso na parede de um castelo.

Fontes:
Youtube Tudor Toilets: AQUI.
Medieval travel: AQUI.
Bog standard: AQUI.
The Tudor Tattler: AQUI.

Anúncios

13 comentários Adicione o seu

  1. Rayssa disse:

    Pouco glamouroso, mas muito interessante. Pena que essas coisas são sempre deixadas de lado.

    1. tudorbrasil disse:

      Sim, um artigo um tanto quanto incomum, porém muito pedido! Espero que tenha gostado!=)

      1. Rayssa disse:

        sim, foi ótimo 😀

  2. eunice disse:

    Adorei.. auhsuahsausahsu!

    1. tudorbrasil disse:

      Que bom Eunice!
      Seja bem-vinda!=)

  3. Elisia disse:

    Gostei!! Adoro ficar sabendo como eram as coisas no passado. Legal!

    1. tudorbrasil disse:

      Que bom que gostou Elisia, acompanhe o blog para muitas outras informações!=)

  4. rosely disse:

    Gostei muito, sempre leio sobre reis, rainhas, castelos e como viviam naquela época.

    1. tudorbrasil disse:

      Olá Rosely, fico tão feliz que tenha gostado!
      Acompanhe então nossos artigos sobre a medicina do período Tudor, acho que vai gostar!=)
      Seja bem-vinda!

  5. `Ótimo post, instrutivo e muuuuuito interessante. Fico imaginando como deve ser sido encontrar o toilette do Henrique VIII, complicado, hehe!

  6. Miriam C. Silva disse:

    Excelente post, como sempre!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s