Música nos tempos Tudor Parte I – Estilos

Imagem
Elizabeth I tocando seu alaúde.

No período Tudor muitas pessoas tinham que criar seu próprio entretenimento. Não haviam computadores, televisores ou mp3 e poucas pessoas sabiam ler.

Sem eletricidade, muitas vezes as pessoas se levantavam no início da manhã ao nascer do sol e iam para a cama quando escurecia. Eles trabalhavam a maior parte do dia e da semana e boa parte do entretenimento ocorria nos domingos, dia da semana que a maioria das pessoas não trabalhavam.

A música tinha um papel importante na vida de ambos os povos ricos e pobres que viveram durante o período Tudor.

Henrique VIII foi um grande músico, ele possuia uma grande coleção de instrumentos musicais. Ele compôs várias baladas famosas e músicas sacras, embora tais trechos tenham se perdido. Quando morreu, Henrique VIII deixou uma coleção de instrumentos que incluiam:

5 Gaitas de fole
78 Flautas doces – (Henrique VIII foi um excepcional flautista)
78 Flautas
1 Virginal Mecânico

Nesse artigo vamos focar os estilos de músicas no período Tudor.

Música Sacra Tudor:

Thomas Tallis
Thomas Tallis

Tanto os ricos quanto os pobres apreciavam as músicas sacras Tudor, com menção especial as belas músicas sacras Elizabethanas. Muitos dos compositores e músicos Tudor não faziam composições apenas para a corte, mas também para a igreja. Os compositores para a voz faziam uso de dois estilos distintos que foram chamados de Madrigal e Ayre. Definição de madrigal: O madrigal era um poema de amor curto, que poderia ser facilmente ajustado à música. Definição de Ayre ou Air: Originado da palavra francesa “ária” – também grafado como ayr: Este tipo de música sacra Tudor foi uma variante da forma de canção musical e usado como o nome de vários compositores musicais vocais ou instrumentais.

O surgimento do madrigal durante o período Tudor garantiu que a Inglaterra se tornasse sofisticada nos caminhos da música Continental. O início de 1500 viu o ponto alto do estilo único inglês litúrgico. A música sacra Tudor incluía:

*Madrigais

*Ayres ou Airs

*Cantos ou hinos sagrados

O estilo da música sacra Tudor é descrito como Polifonia coral. Os famosos músicos Tudor como Thomas Tallis e William Byrd (organista da Capela Real) foram os principais compositores e músicos sacros que forneceram a nova igreja protestante da Inglaterra um estilo elaborado com ricos Hinos que ainda são tocados nas igrejas inglesas até hoje. William Blitheman foi organista da Capela Real de Elizabeth I e compositor de música sacra e virginal.

Músicos e compositores famosos de Música sacra Tudor:

Orlando Gibbons foi o maior compositor inglês de sua geração. Ele ocupou cargos como organista da Capela Real e finalmente, organista da Abadia de Westminster. Gibbons também é bem conhecido por sua música de coral sacra e hinos. Thomas Morley escreveu música para a liturgia da Igreja da Inglaterra. Morley foi empregado em St. Paul, Londres, e tornou-se um cavalheiro da Capela Real em 1592. John Mundy foi o organista de St. George, Windsor, compositor, cantor e cavalheiro da Capela Real, compôs a música litúrgica para o novo livro de orações. Christopher Tye foi um organista e compositor Inglês Tudor de coral e instrumental.

Aqui uma famosa música sacra Tudor madrigal:

Música Tudor na Corte:

A introdução de novos instrumentos musicais durante o período dos Tudors produziu um som muito mais refinado do que havia sido produzido durante o início da Idade Média. Estes novos instrumentos musicais incluiam uma forma primitiva de violino chamado viola, um antigo oboé chamado hautboy e instrumentos de teclado musicais chamados espineta, cravo e virginal. Estes instrumentos musicais Tudors usados ​em combinações podiam criar uma música incomum e criativa, precursora da orquestra moderna. A popularidade dos instrumentos de cordas e teclados cresceu enormemente durante o período da Renascença, criando belos e refinados sons. Os Tudors ricos podiam ter seu entretenimento particular assim como na corte, contratando músicos para tocar durante o jantar e banquetes.

Henrique VIII tocando Harpa.
Henrique VIII tocando Harpa.

Não podemos falar de músicas da corte Tudor sem citar Henrique VIII – ele não foi apenas um rei, ele era um grande músico e compositor. Quando criança, Henrique pode cultivar seus interesses musicais com maior profundidade, pois até então não teria que se ocupar com deveres de um futuro rei (seu irmão mais velho Arthur, é quem deveria governar). Ele foi o primeiro monarca Inglês a ser educado sob a influência do Renascimento além da educação clássica. Seus tutores incluiam o poeta Skelton. Henrique escrevia prosas e poesias, mas sua verdadeira paixão sempre foi a música.

Algumas composições de Henrique VIII:
Pastime with good company – Sua mais famosa composição.
Consort IV
Consort XXIV
Taunder naken
Gentil prince de renom
Helas madame
Whereto should I express
En vray amoure

Green Growth the holly

Dos manuscritos de Henrique VIII:
I am a jolly foster
Si fortune
Jay pryse amours
An I were a maiden

Aqui um vídeo de uma bela música que Henrique VIII compôs:

A influência da música Tudor na educação:

Durante o período Tudor a música passou a ser ensinada nas escolas e faculdades. A capacidade de tocar um instrumento musical era uma habilidade essêncial na corte de grandes monarcas Tudor como Henrique VIII e a Rainha Elizabeth I. A família real Tudor e a alta nobreza tornaram-se patronos de todas as artes e compositores, incentivando novos músicos. Os membros da família real aprendiam a tocar instrumentos musicais como parte de sua educação e tornavam-se músicos qualificados.

Música Tudor para os pobres:

A era medieval de menestréis e trovadores viajantes, que haviam sido tradicionalmente apreciados como música Tudor para os pobres havia passado com a chegada da peste bubônica. Estranhos e viajantes eram vistos com medo e suspeita durante o período dos Tudors. Viajar foi fortemente desencorajado pelos sucessivos governantes Tudor e licenças foram introduzidas para os que necessitavam fazer qualquer tipo de viagem.

Os Músicos de rua e taverna substituíram os menestréis itinerantes. Durante a era renascentista da dinastia Tudor a música de teatro também foi apresentada e apreciada como música para os pobres. A música de rua para os pobres era tocada semanalmente em mercados e feiras de vilas. Festas, feiras e festivais do século XVI, eram ocorrências comuns e eram celebradas durante períodos específicos do ano (a maioria das festas eram religiosas). Os instrumentos tocados nas músicas para os pobres tinham que ser leves e fáceis de transportar, esses instrumentos eram violinos, alaúdes, flautas e pequenos instrumentos de percussão. As canções e baladas cantadas pelos músicos de rua eram as favoritas tradicionais – muito longe da refinada música da corte dos Tudor.

waitsOs Waits, eram músicos oficiais das grandes cidades inglesas, que eram o equivalente a uma banda de cidade, e sua música era apreciada pelas pessoas pobres no períodoTudor. Os Waits datam do início da era medieval. Eles possuíam flautas de sons estridentes ou clarinetes que eram similares ao oboé moderno. Esses instrumentos musicais tornaram-se conhecidos como flautas Waits e foram primeiramente usadas para soar alarmes. O papel dos Waits evoluiu gradualmente entre grupos de músicos empregados pela cidade. Os músicos Waits compunham e tocavam músicas para importantes cidades, cerimônias cívicas e ocasiões especiais. Eles, portanto faziam desde concertos gratuitos para todos, até concertos financiados pelas cidades.

Os mais famosos músicos e compositores Tudor:

Os músicos Tudor compunham para instrumentos musicais e para voz. A Era de Ouro Tudor viu o surgimento do Hino, madrigal, Masque e a Opera, e o surgimento de novas escolas inglesas de música e grandes músicos Tudor ingleses, tais como:

William Byrd (1543-1623)
Thomas Campion (1567-1620)
John Dowland (1563-1626)
John Farmer (1570-1601)
Orlando Gibbons (1583-1625)
Robert Johnson (1500-1560)
Thomas Tallis (1505-1585)

A combinação de instrumentos músicas Tudor ainda estava na fase experimental, mas proporcionava a oportunidade de criar uma música inusitada e criativa. Os grandes monarcas Tudor, como o rei Henrique VIII e a Rainha Elizabeth I foram patronos de todas as artes e incentivaram compositores e músicos Tudor. Letras e músicas foram  impressas durante a era Tudor, mas estas foram vendidas como documentos separados. O compositor Tudor John Dowland (1563-1626) publicou seu livro entitulado ‘First Booke of Songes or Ayres’ em 1597, que tornou-se um best-seller altamente rentável para os editores. Outros populares músicos e compositores Tudor rapidamente seguiram seu exemplo.

Lista de outros músicos e compositores Tudor:

Alexander Agricola (1446-1506)
John Bennet (1575-1614)
John Bull (1562-1628)
Antoine Busnoys (1432-1492)
William Blitheman (1525 – 1591)
William Byrd (1543-1623)
Thomas Campion (1567-1620)
Richard Carlton (c1558-1638)
Michael Cavendish (c1565-1628)
John Dowland (1563-1626)
John Farmer (c.1570-1601)
Giles Farnaby (c1560-c1620)
Vincenzo Galilei (1520-1591)
Orlando Gibbons (1583-1625)
Nicholas Gombert (c. 1490-1556)
Heinrich Isaac (c. 1450-1517)
Robert Johnson (c.1500-1560)
George Kirbye (c1565-1634)
Orlandus de Lassus (c. 1532-1594)
Claudio Monteverdi (1567-1643)
Thomas Morley (1557-1602)
Cristobal de Morales (1500-1553)
John Mundy (1550-1630)
Giovanni da Palestrina (c. 1525-1594)
Francis Pilkington (c1570-1638)
Francisco de Peñalosa (c. 1470-1528)
Michael Praetorius (1571-1621)
Thomas Ravenscroft (1590-1633)
John Redford (1485-1543)
Philip Rosseter (c.1575-1623)
John Shepherd (c. 1515-1558)
Jan Pieterszoon Sweelinck (1562-1621)
Thomas Tallis (c.1505-1585)
John Taverner (c.1495-1545)
Thomas Tomkins (1572-1656)
Christopher Tye (c.1500-1573)
John Ward (1571-1638)
Thomas Weelkes (1576-1623)
John Wilbye (1574-1638)
Tomás Luis de Victoria (c. 1548-1611)

Próximo artigo desta série: Música nos tempos Tudor Parte II – Instrumentos.

Fontes:

Tudorhistory.com.org
sixwives.info

Woman Playing a LuteMulher da renascença tocando alaúde.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. patricia disse:

    muito bom. para quando a segunda parte? estas informações são bastante úteis para um trabalho que estou a realizar.

    1. tudorbrasil disse:

      Olá Patrícia, em breve colocaremos a Parte II!=)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s