O fantasma de Ana Bolena

Para entrar no clima de Halloween, hoje vamos falar sobre um famoso ‘fantasma’ Tudor que desperta a curiosidade de muitos ao redor do mundo: o fantasma de Ana Bolena.

Ana Bolena é conhecida por ter sido a segunda esposa do monarca Tudor, Henrique VII, durante os anos de 1533 à 1536, quando foi executada às suas ordens na Torre de Londres, no dia 19 de Maio.
Ao longo dos séculos, muitas pessoas, especialmente turistas, relatam ter visto o fantasma de Ana Bolena por toda a Grã-Bretanha. Deste modo, disponibilizaremos aqui uma lista de locais onde as supostas aparições do fantasma da segunda consorte de Henrique VIII foram encontrados:

Castelo de Hever: Seu lar na infância;
Blickling Hall: Seu provável local de nascimento;
Torre de Londres: Local onde foi executada;
Palácio de Hampton Court e Castelo de Windsor: Locais onde Ana e Henrique residiram durante seu casamento;
Salle Church, em Norfolk: Onde foi alegado que o corpo de Ana foi levado após seu enterro original, na Capela de St Peter ad Vincula, na Torre de Londres e secretamente enterrado embaixo de uma laje preta, perto dos túmulos de seus ancestrais Bolena.
Marwell Hall, em Hampshire: Local de residência dos Seymour, entre 1530-1638.

Marwell Hall:

queen-anne-boleyn-anne-boleyn-31503538-1024-768
Ana Bolena.

A única informação obtida sobre as assombrações de Ana neste local, é que ela costuma aparecer na trilha de Yew Tree, onde Henrique VIII e Jane Seymour supostamente se encontraram pouco antes de sua execução. Segundo a crença popular, Henrique e Jane estabeleceram-se no local, na época em que Ana encontrava-se em cárcere na Torre de Londres. Existem rumores de que Henrique desposou Jane primeiro em Marwell Hall, no dia 19 de Maio – dia da execução de Ana -, antes de seu casamento oficial, em 30 de maio de 1536.

Palácio de Hampton Court:

10959293_697587183689071_5539959361526338762_nHampton Court é um dos maiores e mais conhecidos palácios em toda a Europa. Em Hampton, Ana é vista caminhando lentamente e com um triste semblante, usando um vestido azul e às vezes sem sua cabeça. O local, conforme visto anteriormente, possui uma longa lista de aparições, incluindo outras esposas de Henrique, como Jane Seymour e sua aparição mais famosa, a jovem Catarina Howard, que segundo relatos, assombra a Haunted Gallery, conhecida assim por seu histórico de relatos envolvendo a aparição de seu fantasma.

Castelo de Windsor:
O castelo de Windsor é o maior e mais antigo castelo ocupado do mundo. 10426561_697587260355730_702650275846979031_nNo Castelo, o fantasma de Ana é visto em pé, olhando através de uma janela no Claustro do reitor; outra história afirma que Ana foi vista correndo pelos corredores, gritando (às vezes segurando sua cabeça). Este lugar possui uma lista de aparições, que vão desde Henrique VIII até sua filha Elizabeth I. Os hóspedes do castelo, dizem ter ouvido os passos de Henrique ecoando pelos corredores do local, gemendo e arrastando sua perna pútrida e ulcerada. A Rainha Elizabeth I, também tem sido vista por vários membros da família real, assombrando a Biblioteca Real. Sons de seu salto alto, são escutados sobre as tábuas nuas do chão. Anteriormente, sua figura aparecia passando através da biblioteca, rumo a um quarto interno. Ela também tem sido vista em pé em uma janela no Claustro do Reitor (assim como sua mãe), usando um vestido preto com um laço da mesma cor, caindo sobre seus ombros.

Blickling Hall:

Blickling Hall é o local onde, segundo historiadores modernos, Ana Bolena nasceu.10525768_702513229863133_5329122985874019213_n Segundo relatos, em 19 de maio, dia de seu aniversário de morte, Ana retorna à Blickling Hall. Uma carruagem vem sendo puxada por seis cavalos sem cabeça, dirigida por um cocheiro sem cabeça. A rainha fica dentro dela, vestida de branco e carregando sua cabeça decepada em seu colo. Ao chegar nas portas da frente, a carruagem e os cavalos desaparecem e ela segue para dentro de Blickling, onde vagueia pelos corredores até o amanhecer. Alguns dizem que o condutor da carruagem que leva Ana até Blickling Hall, não é ninguém menos que seu pai, Thomas Bolena. Após deixar sua filha à meia-noite nos portões dianteiros do local, Sir Thomas segue seu trajeto, sendo perseguido por hordas de demônios amaldiçoando-o por sua traição à família. Ele é forçado a dirigir sua carruagem espectral por mais de 12 pontes, que encontram-se entre Wroxham e Blickling, até que cumpra 1.000 anos de penitência.

Hever Castle:

Hever Castle foi o lar de infância de Ana Bolena. Dizem que 9b5935fff58287daa50dccdbe0e900c4Henrique VIII a cortejou debaixo do grande carvalho, que ainda está de pé no local. Toda véspera de Natal, ela tem sido vista cruzando a ponte sobre o rio Éden, no terreno do castelo. Ela também tem sido vista em pé sob o mesmo grande carvalho citado anteriormente.

Rochfor Hall:
Rochford Hall, em Essex, é uma mansão que dizem ter sido o primeiro local onde o rei Henrique VIII lançou olhares para a jovem Ana Bolena. Os Bolena foram donos da casa a partir de 1515, e dizem que no local houve reuniões secretas entre o rei e Ana. Há ainda rumores de um sistema de túneis secretos sob a casa, e que o Rei usava-os quando queria uma rota de fuga discreta para deixar o local.

De acordo com um proprietário anterior, há histórias de avistamentos em um dos quartos, de uma mulher sem cabeça, seguidos de uma sensação de frio extremo.

Torre de Londres:

ghost_of_anne_boleyn_by_yorkistgirl-d5kj679Este é o local com o maior registro de aparições de Ana. A Torre de Londres havia sido palco de muitas execuções ao longo dos séculos, e a carga emocional guardada neste local, sem dúvidas é algo muito forte a se sentir. Se de fato é verdade que os fantasmas sobrevivam por memórias emocionais de alguém que sofreu uma morte violenta, é bastante compreensível que haja um bom tanto deles na Torre. Dizem ser o edifício mais assombrado em Londres, ou até mesmo da Inglaterra.

O fantasma de Ana Bolena, é visto em vários locais da Torre: na Torre Branca, Casa da Rainha – onde ela supostamente passou a noite antes de sua coroação e também durante sua prisão antes de sua execução – na Torre Verde – local de seu cadafalso, e na Capela de St. Peter ad Vincula, onde foi enterrada sob o piso da capela-mor, em uma caixa de arcos para flechas.

downloadNo ano de 1817, um sentinela patrulhando a Torre Branca, sofreu um ataque cardíaco fatal, após encontrar o fantasma de Ana Bolena em uma escada. Em 1864, um sentinela de guarda do lado de fora da Casa da Rainha, relatou ter visto um vulto branco de uma mulher envolta em névoa, ela estava trajando um vestido Tudor e um capelo francês, embora não fosse possível ver seu rosto. O sentinela continuou andando em sua direção e chegou a empurrá-la com sua baioneta. O que aconteceu em seguida, fez com que ele desmaiasse; sua baioneta atravessou a figura e um tiro correu de seu fuzil, dando-lhe um choque. O sentinela foi submetido à corte marcial, por adormecer durante sua vigia. Quando muitas testemunhas disseram à corte que também haviam visto a mulher sem face na Torre Verde naquela noite, ele acabou não sendo exonerado de seu cargo. Um policial que viu o evento a partir de uma janela na Torre sangrenta, testemunhou que havia escutado o sentinela gritando para a figura parar e enfiando a baioneta sobre ela. Ele viu a baioneta passar através da figura.

Haunted_houses_to_visit_this_HalloweenAna também assombra a Capela Real de Saint Peter ad Vincula, onde está enterrada. No final do século XIX, um capitão da Guarda notou uma luz acesa na capela, que é trancada à noite. Ao encontrar uma escada e colocá-la contra uma das janelas da capela, ele ficou chocado com a cena que desenrolava-se no local aparentemente ”vazio”. Tal cena é descrita por um trecho do “Ghostly Visitors” por “Spectre Stricken”, Londres 1882:

“Lentamente, a passagem sobre os bancos moveu uma imponente procissão de cavaleiros e damas vestidos em trajes antigos, e na frente, caminhava uma elegante mulher cujo rosto não conseguiu ver, mas cuja figura muito assemelhava-se ao renomado retrato que havia visto de Ana Bolena. Após terem repetidamente andado pela capela, a procissão inteira, junto com a luz, desapareceu. “

Vídeos:

No vídeo a seguir “Ghost Stories – The Tower of London”, há alguns grandes clipes da Torre de Londres, com o adendo de que Ana nunca foi presa na Casa da Rainha (construída na década de 1540) e que não há evidências de que possuía seis dedos na mão ou pé. Desconsiderem tais informações!

Fontes:

On The Tudor Trail: AQUI.

Hampshire Legends, Ghosts and Apparition

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s